Uma tarde com as cajuranas e muita história para contar

0

Este é o décimo Pré-Caju das meninas, que por mais incrível que pareça menstruam no sábado em que vão para a prévia. Já foram odaliscas, enfermeiras, normalistas, ciganas, faxineiras, enfim, já foram de tudo. São a alegria da festa. Único bloco que desde a origem não teve nome alterado, a família cajurana tem o orgulho de dizer que é a pipoca mais feminina do Pré-Caju. Um de seus diretores, Mané Cajurana, concedeu ao Portal Infonet o privilégio de ouvir diversas histórias da vida dessas mocinhas. PORTAL INFONET – Como surgiu o bloco? Mané Cajurana – Éramos um grupo de amigos que jogava futebol, e no carnaval tinhamos o jogo dos casados contra os solteiros, estes vestidos de mulher. Nos dois primeiros anos, saíamos na pipoca do Nana, com minitrio, só no terceiro ano que ficamos com um bloco realmente. Infonet – Quem faz as roupas? MC – São feitas no Ateliê da Rosilda. Ela tem a medida de todas as cajuranas, uma média da barriga dos cachaceiros. Infonet – Quais são os pré-requisitos para ser uma cajurana? MC – Ser homem, beber muito e, principalmente, saber brincar sem brigar. Infonet – Qual o lema do bloco? MC – Brincar resgatando os carnavais de antigamente, quando homens se fantasiavam para fugir das mulheres. Infonet – Mas hoje em dia vocês não fogem mais, não é? MC – Não, hoje elas ajudam. São mães, esposas, namoradas, amigas, irmãs todas emprestando batons, brincos, anéis…tudo. Infonet – Como é ser uma cajurana? MC – É bom demais. Quando nos vestimos, a pomba gira ataca. Ninguém segura. Mas quando tira a roupa, somos homens respeitadores. O bloco é como um câncer benigno. Quando aparece irradia a cidade toda, vai se aglomerando, formando o tumor, no dia seguinte, tá tudo curado. Somos uma família enorme, mas unida. Infonet – As Cajuranas já têm o bloco e a feijurana, vocês têm allgum outro plano para o futuro? MC – Estamos pensando em uma Cajurana Fantasy. Queremos saber se as pessoas preferem um troca-troca, mulher vestida de homem e homem de mulher, ou fantasia liberada. Então foliões, opinem na página dasCajuranas

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais