600 servidores da PMA não receberam salários de dezembro

0

Servidores municipais tem dificuldades para conseguir empréstimo por dividas consignadas em aberto (Foto: Marco Vieira)

Representantes do Sindicato dos Servidores Municipais de Aracaju (Sepuma) e do Banco do Estado de Sergipe (Banese) se reuniram nesta terça-feira, 14, para tentar solucionar um impasse envolvendo servidores da Prefeitura de Aracaju que não conseguiram recebar os salários de dezembro por meio de empréstimo junto à instituição financeira. 

De acordo com dados do Sepuma, aproximadamente 600 servidores com empréstimos consignados em aberto no Banese, não conseguiram o crédito. Nivaldo Ferreira, presidente do Sepuma, revelou que Banese se recusou a realizar as operações sem que os valores pendentes sejam negociados e que tal postura segue uma resolução do Banco Central. A alternativa dada aos servidores seria é o parcelamento da dívida em 120 vezes. Caso não seja feita a negociação, os servidores receberão os vencimentos de dezembro divididos em 12 parcelas.

“Os trabalhadores estão em situação constrangedora, vexatória. Dividir o salário em 12 vezes é inviável, porque muitos recebem pouco mais de R$1000, o que daria cerca de R$90 por mês. Vamos tentar que a Prefeitura de Aracaju faça esses pagamentos”, reclama.

A assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplog) garantiu que há um acompanhamento da situação e que a alternativa de divisão das dívidas foi uma iniciativa da pasta municipal. Segundo ele, quase 9 mil trabalhadores já conseguiram realizar a operação.

Banese

O Banese se manifestou, por meio de nota, sobre os empecilhos para que os funcionários citados pelo Sepuma consigam o crédito. Confira na íntegra: 

"A antecipação do salário da PMA é uma linha de crédito e, como todas as demais, sua contratação deverá estar enquadrada na política de crédito do Banese. Ressaltamos que já liberamos antecipação do salário para mais de 3 mil servidores, de forma automática e sem burocracia, no entando, seguindo as regras bancárias".

Por Victor Siqueira e Verlane Estácio

*Matéria alterada às 17:37 do dia 15/03/17 para acréscimo de nota do Banese

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais