Acese critica política econômica do governo federal

0

A economia de receitas realizada pelo país para o pagamento de juros da dívida (superávit primário) em 2005 foi de R$ 93,505 bilhões ou 4,84% do Produto Interno Bruto (PIB), ultrapassando a meta (4,25% do PIB) em R$ 10,755 bilhões. Apesar do superávit, a dívida líquida do setor público atingiu a cifra de R$ 1,002 trilhão.

 

Para o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese), empresário Jorge Santana de Oliveira, “estamos diante de uma ridícula corrida sem chances de chegar ao objetivo, uma vez que a dívida pública, inflada pela taxa de juros, cresce anualmente quase o dobro do que se economiza para pagar apenas os juros”.

Comentários