Agências bancárias registram filas após feriadão de carnaval

0
As agências bancárias ficaram fechadas nesta segunda, 24, e terça-feira, 25, de carnaval (Foto: Portal Infonet)

Como esperado, a volta do expediente bancário nesta quarta-feira, 26, depois do feriadão de carnaval, apresentou algumas filas antes mesmo da abertura das agências. Muitas pessoas chegaram cedo para garantir um rápido atendimento. As agências bancárias ficaram fechadas nesta segunda, 24, e terça-feira, 25, de carnaval.

Um dos que chegaram cedo ao banco foi o aposentado Ridauto Franca. Ele acredita que o atendimento não deverá ser muito demorado (Foto: Portal Infonet)

Um dos que chegaram cedo ao banco foi o aposentado Ridauto Franca. Ele acredita que o atendimento não deverá ser muito demorado. “Mesmo com a fila já grande eu acho que não vou enfrentar muitas dificuldades. Afinal, eu já tenho mais de 70 anos e com isso um atendimento preferencial”, diz. Ainda segundo ele, nos dias em que as agências estiveram fechadas ele fez uso dos serviços eletrônicos. “Estou aqui para resolver algo pontual. Mas todas as contas eu já paguei pelo aplicativo do banco”, brinca.

A dona de casa Maria Pereira também optou por chegar cedinho. Segundo ela, desde às 11h já estava na agência aguardando a abertura do expediente. “Eu gosto de chegar cedo para sair cedo. Tenho outras coisas para resolver à tarde”, afirma. Maria diz ainda que veio até a agência para realizar a prova de vida e, assim, continuar a receber o benefício de aposentadoria. “Todo ano eu faço. Antes eu conseguia fazer no caixa eletrônico. Mas agora tem que ser nos caixas de atendimento”, afirma.

Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), nas localidades em que as agências fecham normalmente antes das 15h, o início do atendimento ao público foi antecipado, de modo a garantir o mínimo de 3 horas de funcionamento. Ainda segundo a Febraban, as contas de consumo (água, energia, telefone etc.) e carnês com vencimento em 24 ou 25 de fevereiro poderão ser pagos, sem acréscimo, nesta quarta-feira, 26.

por João Paulo Schneider e Aisla Vasconcelos

Comentários