Auditores fiscais decidem paralisar as atividades por cinco dias

0
Auditores realizaram assembleia e decidiram paralisar atividades por cinco dias (Foto: Sindifisco)

Os auditores fiscais de Sergipe decidiram em assembleia nesta quinta-feira, 26, paralisar os serviços nas unidades e postos de fiscalização da Secretaria da Fazenda do Estado de Sergipe (Sefaz) entre os dias 1º e 5 de julho.

De acordo com o presidente do Sindifisco, a categoria decidiu realizar a greve porque entendeu que não houve avanços nas negociações com o governo do Estado. “Como não houve avanço nas negociações com o governo estadual relativo à proposta construída com gestores da Sefaz relativa ao Prêmio de Incentivo à Arrecadação, a categoria decidiu manter a greve em protesto à ausência de resposta do governo”, explica o presidente do Sindifisco, Paulo Pedroza.

O Sindifisco informou que o movimento grevista faz parte da Campanha de Valorização do Fisco retomada no último dia 26, quando a categoria realizou um ato na porta da Sefaz denunciando, além do arrocho salarial dos servidores público, o desaparelhamento das unidades e postos fiscais da Sefaz.

Em resposta às acusações do Sindifisco, o Governo do Estado de Sergipe informou que, por meio de suas instâncias, está aberto ao diálogo com a categoria.

Com informações do Sindifisco

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais