Aumento para aposentados atrelado ao PIB

0

O governo sinalizou que poderá atrelar o aumento real para as aposentadorias acima do salário mínimo a uma parcela da variação do PIB (Produto interno Bruto) de dois anos antes. A tendência é que o ganho real seja equivalente a 50% do crescimento do PIB, e a regra, que precisará ser aprovada pelo Congresso Nacional, seja aplicada em 2010 e 2011.

Além de corrigir os benefícios pela variação da inflação, o governo garantirá aumento real de 2,55% às aposentadorias em 2010. Como haverá ainda a reposição da inflação, o reajuste total ficaria próximo de 6%. A regra do reajuste é similar à já aplicada ao salário mínimo. A diferença é que, no caso do piso salarial, a variação do PIB de dois anos antes é aplicada integralmente, ou seja, além da inflação, o mínimo tem aumento de 100% do PIB.

Atualmente, quatro projetos de interesse dos aposentados estão em discussão no Congresso. O governo quer, no entanto, que os sindicatos abram mão dos projetos. Se não for possível um acordo neste sentido, o governo admite o projeto que vincula o beneficio previdenciário ao número de salários mínimos na época da concessão.

Por Ivan Valença

Comentários