Black Friday e Natal geram expectativa em comerciantes

0

Comércio no centro de Aracaju (Fotos: Portal Infonet)

Faltando menos de dois meses para o Natal e um para a famosa “Black Friday”, a expectativa dos comerciantes do centro de Aracaju é que as vendas melhorem. O Portal Infonet conversou com lojistas e ambulantes que aguardam o crescimento nas vendas. 

A Black Friday é uma campanha de vendas que acontece sempre na última sexta-feira de novembro com descontos de até 80% em produtos de várias categorias, como celulares, eletrodomésticos, roupas e livros.

Neto diz qe vendas cresceram entre 20 e 30%

O vendedor de eletrodoméstico José Neto diz que as vendas melhoram em dias específicos e que a Black Friday deve aquecer os negócios. Neto também informa que, em dois meses, as vendas cresceram de 20 a 30%.  “Em feriados, como na semana na criança, as vendas cresceram um pouco. Com a proximidade da Black Friday e das festas do fim de ano, esperamos que as vendas cresçam ainda mais” diz o vendedor. Ainda segundo ele, um dos itens mais procurados nessa época é o celular.

Loja de calçados teve crescimento de 5%

Ambulante diz que vendas ainda não tiveram crescimento, mas espera que o 13º salário atraia compradores

Na loja de calçados, o gerente François Saraiva, que trabalha com comércio há seis anos, diz que depois de junho, as vendas começaram a reagir. “Após o meio do ano, as vendas melhoraram. Aqui na loja, as vendas subiram 5%, numa comparação entre outubro de 2015 e o mesmo mês deste ano”, revela. O gerente também deposita esperanças na promoção de novembro e nas vendas para Natal e reveillón.

Já os ambulantes não estavam tão contentes, mas esperavam um crescimento nas vendas. Normélia Correia, que trabalha vendendo itens como capinha de celulares, disse que as vendas ainda estavam fracas. “Em 2015 foi muito pior, mas o movimento ainda está fraco. Espero que agora, no final de ano, as coisas melhorem”, diz.

Jair Milton, vendedor ambulante de artigos de vestuário, diz que movimento deveria estar melhor. “Vendo nesse local há dois anos e sou comerciante há dez. De 2015 pra cá, as vendas estão lentas. Já era pra estar melhor agora, mas vamos ver se com o 13º as vendas aumentam”, conclui.

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) disse que, apesar de ainda não ter projetado os dados para o fim de ano, espera que as vendas de 2016 sejam melhores que as do ano passado. Além disso, a CDL afirmou que essa época é sempre a melhor data para o comércio. 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais