Brasil cresceu 5,4% – Ivan Valença

0

O Brasil cresceu 5,4% em 2007, segundo o IBGE. Nada mal para um país que vinha apresentando índices medíocres de expansão econômica, mas ainda muito distante dos emergentes que compõem o BRIC, além do Brasil, Rússia, Índia e China. Resta saber se este crescimento será sustentável, ou seja, se persistirá pelo menos para os próximos cinco anos e com inflação baixa.

A indagação procede pelo fato de estarmos no fundo do poço em matéria de geração de energia e porque os juros ainda encontram-se na estratosfera, como se a inflação continuasse sendo uma ameaça presente. E, fato, um crescimento baseado mais no consumo movido pelo crédito do que no investimento tem fôlego curto.

Como dizem os economistas, é preciso que a oferta esteja sempre à frente da demanda para que haja sustentatibilidade. Em outras palavras: é necessário que, em vez do consumo, o investimento seja o motor do crescimento. Mas para isto os juros precisam cair. E a inflação, como ficará? Aguardemos a próxima reunião do COPOM.

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais