Cerimonialistas propõem medidas para retomada de casamentos

0
A reunião foi no Palácio dos Despachos (Foto: Comissão de Cerimonialistas do estado)

Há quase cinco meses sem realizar eventos, cerimonialistas da capital apresentaram na manhã desta segunda-feira, 24, um conjunto de soluções para a nova fase da reabertura econômica do estado. A reunião ocorreu no Palácio dos Despachos.

Segundo Fabi Torres, uma das integrantes da Comissão de Cerimonialistas de Sergipe, o intuito dos cerimonialistas é promover a retomada gradual de algumas festividades, como casamentos e aniversários.

“Nós apresentamos ao Governo do Estado nossas propostas e elas serão analisadas”, comenta. Ainda segundo a cerimonialista, o setor de festas e eventos está ligado a inúmeras atividades. “Temos pessoas responsáveis pela palco, buffet, iluminação, figurino, enfim, é um setor que gera muito emprego”, afirma.

Embora o entusiamo seja grande, Fabi Torres explica que que a retomada deverá ocorrer com celebrações mais intimistas. “As pessoas que preferem eventos grandes, para 100 ou mais convidados, terão que esperar mais um pouco. Nosso objetivo é realizar pequenas celebrações, como casamentos e aniversários, seguindo todos os protocolos de saúde”, salienta a cerimonialista.

Outros eventos

Assim como os cerimonialistas, a diretoria da Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (Abrape/SE), representada pelos diretores Fabiano Oliveira e Gustavo Paixão, se reuniu com os integrantes do Comitê Gestor de Retomada Econômica do Governo (Cogere), Marcel Resende e Georgia Pereira, para entregar sugestões para a próxima fase da retomada da economia e o protocolo de retomada de eventos de pequeno porte, incluindo a liberação de música ao vivo nos bares e restaurantes, eventos sociais e corporativos, cinemas e teatros.

por João Paulo Schneider  e Verlane Estácio

Comentários