Clínica de saúde era usada para fraudar imposto de renda

0
Delegado Federal e auditores fiscais detalharam investigação e suspeitas (Foto: Portal Infonet)

O Tesouro Nacional deixou de arrecadar um valor em torno dos R$ 10 milhões nos últimos cinco anos em decorrência de um esquema de fraude na declaração do imposto de renda que tinha como princípio, um contador, apontado como mentor do crime, uma clínica de saúde e possivelmente profissionais de saúde, conforme suspeita da Receita Federal.

Nos levantamentos do setor de fiscalização, auditores fiscais identificaram pelo menos 800 declarações com números manipulados e respectivos a 450 contribuintes. Serviços médicos, de fisioterapia, psicólogo e dentista tinham valores fora do padrão e eram usados na dedução dos valores do imposto de renda ou no aumento da restituição.

Confira matéria completa no vídeo:

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais