Confira algumas dicas de etiqueta para videoconferência profissional

0
O conferencista Antônio Neto afirma que é preciso ficar atento à postura apresentada em reuniões e conversas virtuais (Foto: Arquivo pessoal)

As videoconferências passaram a fazer parte da rotina de diversos profissionais diante do cenário vivenciado na pandemia. Para manter a etiqueta e o que chamamos de ‘marketing pessoal’ é preciso ficar atento à postura apresentada em reuniões e conversas virtuais que, na maioria das vezes, podem trazer vagas bastante desejadas.

O conferencista em Gestão de Negócios e Pessoas, Antônio Neto, destaca a importância de “profissionalizar esses momentos”, seguindo alguns cuidados para que tudo ocorra com a seriedade que a situação pede. “É preciso ficar atento a critérios que podem ser eliminatórios e são fundamentais para as imagens tanto da empresa que faz a reunião quanto do profissional que está nela”, orienta.

Para facilitar a dinâmica dos encontros virtuais, Antônio lista algumas dicas:

– Teste com antecedência a plataforma que será utilizada para evitar atrasos ou até mesmo falhas durante as reuniões, verificando, inclusive, os dados de acesso. “Erros por falhas na observação podem atrasar a reunião ou até mesmo fazer com que o candidato perca oportunidades”, diz ele.

– Se o acesso for realizado com o celular, verifique tanto o sinal da internet quanto a bateria do aparelho. Antônio reforça que atitudes como essas podem impedir que candidatos sejam “tirados de campo” por erros que poderiam ser evitados antecipadamente.

– Preste atenção ao cenário. “É preciso ter um cenário atrativo e não cansativo, além de não ter interferências na casa e que influenciem a estratégia da reunião ou tirem o raciocínio da pessoa”, orienta Antônio.

– Faça o uso correto do webcam. É preciso lembrar que ângulos para uso da câmera são fundamentais para que os participantes percebam o rosto da pessoa. “Como o corpo fala, o rosto precisa estar centralizado para que todos percebam com clareza o que está sendo dito”, diz ele.

– Conheça a empresa e esteja sincronizado com ela. Como uma dica fundamental, Antônio aconselha que o profissional que vai interagir com a empresa a conheça para que tenha o mesmo parâmetro de identidade que ela. “Você tem que vestir a imagem de acordo com o seu parceiro e com a empresa que está lhe convocando para a reunião”, diz.

– Use vestimentas que estejam de acordo com a empresa que lhe oferece uma oportunidade. Segundo o conferencista, o marketing pessoal nasce com a pessoa, mas o que chamamos de “traje” é fundamental para fortalecer a imagem do indivíduo.

– Evite interrupções. Interromper o andamento da reunião compromete a conversa e sua interpretação. Pensando nisso, desligue o celular e evite ruídos como animais de estimação, comunicação no ambiente, sons externos ou qualquer tipo de distração.

Antônio alerta que as dicas acima são de grande relevância para quem busca um futuro seguro. “O momento pandêmico não significa férias e sim a necessidade de trabalhar mais para se salvar como empresa e/ou profissional. Quando a pandemia passar é hora de estar ajeitado no mercado e não de começar a pensar em como fazer isso”, aconselha.

por Juliana Melo 

Comentários