Consumo de gás natural aumenta no Brasil e em Sergipe

0

Indústria foi o setor que mais consumiu o recurso em Sergipe (Foto: Arquivo Infonet)
O aumento da demanda de gás natural para as indústrias impulsionou o crescimento do consumo de gás natural no Brasil, no primeiro mês do ano, segundo dados da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás). Em janeiro de 2011, foram consumidos diariamente, em média 43,1 milhões de metros cúbicos de gás, com um crescimento significativo de 18,44% em relação a janeiro de 2010. A expansão no consumo do setor industrial brasileiro, frente ao mesmo período do ano passado, foi de 10,51%.

O setor elétrico obteve crescimento expressivo de172,45%, aumentando o volume transacionado de 2,3 para 6,3 milhões de metros cúbicos por dia. As residências e o comércio expandiram-se em 9,26% e 4,72%, respectivamente. A comercialização do setor automotivo registrou retração de 4,48% e a cogeração de energia (processo de produção de eletricidade e calor) progrediu em 9,85%. Em relação a dezembro último, houve retração de 17,14%, em função das chuvas que elevaram os níveis dos reservatórios, e contribuíram para um menor acionamento das termelétricas.

O setor industrial também foi responsável pelo maior e único crescimento positivo do consumo de gás natural em Sergipe, no início de 2011. O consumo da indústria sergipana marcou leve expansão de 0,2% em relação ao último mês do ano passado. A indústria comercializou 157,3 mil metros cúbicos de gás por dia, sendo o maior volume transacionado para meses de janeiro, desde 2007. Em relação ao mesmo intervalo do ano passado, a indústria apresentou um incremento de 9,6% no volume comercializado, além de ser o décimo sexto crescimento consecutivo, comparando-se um mês com o mesmo do ano anterior. O consumo de gás natural em Sergipe, no início de 2011, foi de 255,8 mil metros cúbicos por dia.

Em relação ao consumo do mês de dezembro de 2010, em janeiro de 2011, a cogeração de energia em Sergipe apresentou retração de 54,2%, as residências e o setor automotivo marcaram retração no consumo de 5,6% e 10,4%, respectivamente. O consumo do comércio se manteve estável. Em relação a Janeiro de 2010, os setores residencial e industrial foram os únicos a marcar aumento de 13,3% e 9,6%, respectivamente.

Em 2010

O consumo de gás natural no Brasil, em 2010, bateu recorde com elevação de 35,53% em relação à média comercializada em 2009. No ano passado o país atingiu a média diária de consumo de 52,9 milhões de metros cúbicos por dia, além de registrar dois meses do ano onde foram consumidos mais de 60 milhões de metros cúbicos por dia.

Em 2010, houve uma marca importante também para Sergipe, com a marca de 3.218,2 mil metros cúbicos por dia transacionados em todo o ano passado. Sendo o maior volume comercializado desde 2008, e o terceiro maior volume transacionado pelo estado, conforme dados da Abegás.

Fonte: Fies

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais