Cresce desemprego em Sergipe

0

O nível de emprego formal caiu -014%/Foto: Maurício Alexandre
De acordo com o levantamento feito pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sócio-econômico (Dieese), com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o nível de emprego formal no Estado de Sergipe registrou uma queda de -014%, no mês de janeiro de 2009.

Foram admitidos 6.438 trabalhadores assalariados com carteira assinada e desligados 6.767, gerando um saldo negativo de -319 trabalhadores.

Em janeiro de 2009, o setor que mais gerou emprego formal foi o da Construção Civil (+1,77% ou +354). Tiiveram saldo negativo no mês os setores do Comércio (-0,56% ou -263 postos), Indústria de Transformação (-0,73% ou -260 postos), Serviços (-0,08% ou -79 postos), e a Agropecuária (-0,58% ou -76 postos).

Crise econômica x Emprego

O resultado de janeiro de 2009 mostra que os trabalhadores estão sendo os mais prejudicados com a crise econômica. O saldo do emprego no mês de janeiro em Sergipe e Aracaju foi o pior dos últimos dez anos.

Fonte: Dieese


 

Comentários