Demora na divulgação turística afeta rede hoteleira

0
Supervisora: "Esse é o são joão mais fraco de todos os tempos" (Fotos: Portal Infonet)

A rede hoteleira sergipana vem sendo afetada pela falta de divulgação dos eventos sergipanos. Essa é a alegação dos representantes de hotéis e da Associação Brasileira de Indústria de Hotéis (ABIH).

De acordo com o órgão, a média de ocupação está em 50%, considerada baixa. Empresas são impedidas de realizar contratações temporárias e podem chegar a demitir funcionários.

Segundo Gil Gonçalves, supervisora operacional de um hotel da Orla de Atalaia, conhecido entre os hoteleiros por ser um dos que sempre possui todos os leitos ocupados, a ocupação está em 70%. “Esse é o são joão mais fraco de todos os tempos”, reclama. Gil atribui a baixa à demora na divulgação dos festejos. “As programações das festas do Estado, que antes eram anunciadas no início do mês, só foram divulgadas agora nessa última semana”, afirma.

Nunes fala sobre a situação atípica do mês de junho

O ritmo é o mesmo no hotel onde Everton Nunes é recepcionista. “A ocupação só está em 100% de 23 a 26 de junho, depois disso, a taxa baixa para 50%”, alega. E acrescenta: “Ano passado, todos os 82 quartos estavam ocupados”.

A presidente da ABIH/SE, Daniela Mesquita, confirma a crítica dos hoteleiros. “Esse é um mês importante para o turismo no Estado. Se tivesse tido divulgação com antecedência e planejamento do governo, os turistas seriam atraídos”, explica.

Daniela também diz que essa baixa impede contratações temporárias: “Não podemos contratar ninguém, nem para empregos temporários. Se continuar assim, a previsão é de que haja demissões”. E ressalta: “Os hoteleiros fizeram um investimento de R$ 300 mil com uma operadora nacional de turismo para divulgar Sergipe em grandes veículos de comunicação pelo país, porque falta divulgação por parte do governo”, finaliza.

A equipe do Portal Infonet entrou em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado do Turismo que ficou de enviar uma resposta ao Portal, mas até a publicação da matéria, não recebemos a resposta. Permanecemos à disposição pelo 2106-8000 ou pelo jornalismo@infonet.com.br

Por Jéssica França

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais