Empréstimo dos EUA para o Brasil

0

O Brasil, sempre que tinha crise nas contas externas, recorria ao FMI. A última ocorreu no final do governo FHC, quando o governo emprestou US$ 30 bilhões, aliás, quitados neste governo. Agora, muito embora a situação seja crucial, mas não desesperadora, já que o país ainda possui reservas substanciais, mesmo assim, os Estados Unidos, epicentro da crise econômica mundial, disponibilizaram um cheque-especial de US$ 30 bilhões para que o Brasil segure suas reservas e enfrente os ataques especulativos sobre o real.E mais do que isto: para ser pago em reais, sem juros.

Para o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, este acordo feito com o FED, o banco central americano, “tem um significado muito importante porque representa a inclusão do Brasil entre as economias sistematicamente importantes para o mundo, alpém de ser um reconhecimento da qualidade da política econômica implementada no país”. Hummm! Nunca antes neste país, o Grande Irmãos nos tratou com tenta generosidade, acrescentaria Lula, com sua mania de apagar a história.

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais