Campanha para negociação de dívidas da Energisa vai até 15 de outubro

0
A campanha vai até o dia 15 de outubro (Foto: Aquivo / Portal Infonet)

Uma boa notícia para quem tem dívidas com energia elétrica. A Energisa vai promover, até o dia 15 de outubro, a sua campanha nacional de negociação de dívidas de clientes de baixa tensão (energia pronta para o uso final, geralmente destinada a pequenos consumidores). Com isso, clientes residenciais, comerciais, rurais e industriais de nove das 11 distribuidoras do Grupo poderão obter condições especiais na quitação de débitos, como isenção e descontos de juros, multa e correção, além do parcelamento das dívidas. O momento é oportuno para os contribuintes que realizarão o saque de R$ 500 do FGTS liberado pelo Governo Federal.

Poderão ser beneficiados os clientes com dívidas de até R$ 1.500 e que possuem a partir de duas faturas em atraso. Os que quitarem os débitos à vista ficarão isentos de juros, multa e correção monetária. Se o cliente pagar 50% do que deve, poderá parcelar o restante em até seis vezes e obter 50% de desconto nos acréscimos. Caso pague 30% do montante, o saldo poderá ser dividido em até 18 parcelas, com 10% dos acréscimos (juros, multa, correção monetária).

Para negociar o pagamento dos débitos, o titular da conta tem até 15 de outubro para comparecer à agência de atendimento mais próxima, com documentos pessoais em mãos (carteira de identidade e CPF). Os canais de atendimento da Energisa também estão a postos para esclarecer as dúvidas dos clientes: site (www.energisa.com.br), aplicativo Energisa ON e o telefone 08000 79 0196.

A campanha atinge os consumidores atendidos pela empresa em nove estados: Sergipe, Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo e Paraná.

“Estar com os pagamentos em dia traz mais tranquilidade e saúde financeira. Estamos promovendo a campanha para facilitar a vida dos nossos clientes, oferecendo uma série de descontos e possibilidades de parcelamento. O alívio financeiro que o saque de R$ 500 do FGTS pode ajudar nessa negociação”, afirma Wellington Aranha, gerente de serviços comerciais da Energisa Sergipe.

Fonte: Energisa 

Comentários