Conferência discute tipos de ‘violência’ no ambiente de trabalho

0
Conferência discutiu tipos de violência no trabalho (Foto: Portal Infonet)

Seja ela moral, sexual ou exploratória, a violência ainda faz parte do cotidiano de boa parte das pessoas no ambiente de trabalho. Segundo dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), em todo mundo mais de 40 milhões de pessoas foram vítimas da chamada escravidão moderna em 2016, sendo que 71% eram mulheres e meninas.

De acordo com o desembargador, presidente do Tribunal Regional Eleitoral da 20ª Região (TRT20), Thenisson Santana, muitas pessoas ainda são submetidas a péssimas condições no mercado de trabalho. “Grandes empresas acabam pagando valores inferiores, e com isso temos uma situação análoga a escravidão, que é uma das violências no ambiente de trabalho”, afirma.

Questões ligadas a discriminações de gênero, orientação sexual e de raça, segundo ele, também fazem parte da realidade do mercado, e é um reflexo da sociedade em geral. “Isso é um reflexo de como a sociedade hoje tem enfrentado essa situação. Nós temos a violência contra a mulher, por exemplo, é algo que tem aumentado e que antes não existia, com isso a justiça do trabalho acaba decidindo situações que são recorrentes na sociedade”, declara.

Na manhã de hoje, 19, um evento no TRT reuniu diversos profissionais que discutiram medidas para enfrentar as diversas formas de violências relacionadas ao trabalho. Para o desembargador, o debate é “necessário para que conheçamos o tema e que a gente possa ter o enfrentamento dele, e como podemos trazer medidas para melhorar o ambiente de trabalho, inclusive o institucional”, pensa.

por Yago de Andrade

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais