Festa das Cabacinhas aquece a economia de Japaratuba

0

As cabacinhas são produzidas diariamente (Foto: Prefeitura Japaratuba)
Três dias de festa, no entanto mais de sete dias aquecendo a economia de Japaratuba. Esse é o resultado do que ocorrem todos os anos com a realização da tradicional ‘Festa das Cabacinhas’, que além atrair de um grande público para assistir aos shows artísticos, também movimenta o comércio formal e informal do município.

Programada para os dias 14, 15 e 16 de janeiro de 2011, a Festa das Cabacinhas começa bem antes. Na semana do festejo, Japaratuba é literalmente invadida por centenas de vendedores – ambulantes, donos de bares, padarias, depósitos de bebidas, capeteiros, vendedores de cervejas, refrigerantes, lanches em geral – e as não menos tradicionais “Cabacinheiras”, que produzem o artefato feito à parafina que dá o tom da festa.

Pelos cálculos da prefeitura de Japaratuba, cerca de 500 vendedores de cabacinhas se alinham nas ruas da cidade, que já reservou até um espaço para comercialização do produto. A avenida Francisco Araújo é tomada pelos vendedores que produzem diariamente a cabacinha e vendem aos brincantes.

Vendedores

“Todos os anos distribuímos aproximadamente de 700 a 800 quilos de parafina, como forma de ajudar as pessoas a ganharem um bom dinheiro durante a festa”, contabiliza a prefeita do município, Lara Moura.

No espaço da festa noturna, nas proximidades do Fórum do município, onde acontecem os shows a partir do dia 14 até o dia 16, bem como nas ruas da cidade com os arrastões populares, calcula-se que mais de 700 vendedores ficam espalhados em diversos pontos, comercializando todos os tipos de produtos, comestíveis e alcoólicos.

“Realmente não tenho do que reclamar, pois além de a Festa de Reis e das Cabacinhas serem um dos momentos mais esperados pelos japartubenses, sempre tiro lucro dos meus negócios”, sinaliza o vendedor de pizza e refrigerantes, Lúcio de Jesus.

Fonte: Ascom Prefeitura

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais