Financiamento externo para obras públicas aumentou nos últimos sete anos

0

O secretário de Assuntos Internacionais do Ministério do Planejamento, Alexandre Meira Rosa, divulgou balanço na última segunda-feira, 22, sobre as ações da Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), no período de 2003 a 2009, e disse que houve crescimento aproximado de 50% em número de operações aprovadas e aumento de 52% em valores de financiamentos com recursos externos, em relação aos sete primeiros anos da administração anterior.

O gráfico com aprovações de projetos e recursos pertinentes mostra que realmente houve expansão significativa, mas com diferenças percentuais mais modestas. De 2003 para cá foram aprovadas 348 cartas consulta sobre financiamentos externos, no valor total de US$ 54 bilhões, enquanto que no período anterior comparado foram aprovados 259 projetos, no valor global de US$ 38 bilhões, com expansões de 34,36% e de 42% respectivamente.

Criada em junho de 2000 para centralizar as análises de projetos de financiamento externo apresentados por órgãos dos três níveis de governo, a Cofiex registrou atuação destacada do Programa Pró-Cidades. Iniciativa do governo brasileiro, em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Pró-Cidades atua na promoção da melhoria e qualidade de vida nos municípios brasileiros, mediante o financiamento de projetos de infraestrutura urbana e social.

Meira Rosa disse que no âmbito desse programa foram aprovados projetos que beneficiam cerca de 30 municípios, em valores superiores a US$ 1 bilhão no total. Lembrou também que nos últimos anos o Brasil reforçou sua presença no âmbito dos Organismos Financeiros Internacionais de Desenvolvimento (OFIDs), fazendo valer o papel proeminente que o país passou a exercer no cenário econômico-financeiro mundial.

Com Informações da Agência Brasil

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais