Imposto de Renda: 698 contribuintes não entregaram a declaração

0
Aqueles que deixarem de entregar a declaração estão sujeitos ao pagamento de multa (Foto: Marcello Casal Jr)

A Delegacia da Receita Federal em Aracaju considerou positiva o número de entrega de declarações do Imposto de Renda 2020. Até o último dia do prazo, 30 de junho, foram entregues 224.302 declarações, deixando de entregar apenas 698 contribuintes.

A entrega corresponde a 99,6% da projeção feita no início do programa de 225.000 declarações e um crescimento de 3,96% em comparação com o verificado durante o PIR do exercício de 2019, quando foram recebidas 215.756 declarações.

“Mesmo em um ano de pandemia, os contribuintes foram conscientes e entregaram a declaração no prazo. Sempre fazemos uma projeção de entrega em comparação ao ano anterior e este ano superamos o número de entrega do ano passado”, conta Nilson Lima, auditor fiscal e supervisor Estadual do Programa do Imposto de Renda.

Multa

Aqueles que deixarem de entregar a declaração estão sujeitos ao pagamento de multa correspondente a 1% ao mês do imposto devido apurado na declaração, podendo chegar a 20% desse valor, além da multa mínima equivalente a R$165,74.

Processamento

Os declarantes deverão acompanhar o resultado do processamento no atendimento virtual Receita Federal do Brasil – RFB, chamado de e-CAC, com utilização de certificado digital ou de código de acesso e senha; ou através de smartphone, pelo aplicativo Meu Imposto de Renda. As pendências eventualmente detectadas podem ser objeto de declaração retificadora até que o contribuinte, a partir de 1º de janeiro de 2021, solicite antecipação da análise da malha fiscal, ou seja notificado pela Fiscalização para apresentar documentos ou esclarecimentos comprobatórios.

por Aisla Vasconcelos
com informações da Delegacia da Receita Federal em Aracaju

Comentários