Índice de confiança das empresas de serviços cai 4,5%

0
(Foto: Arquivo Portal Infonet)

O Índice de Confiança de Serviços (ICS), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 4,5% em junho, em comparação a maio, ao passar de 84,5 para 80,7 pontos, na série com ajuste sazonal. Foi quinta queda no ano: o índice registra no mês o menor nível da série iniciada em junho de 2008.

O ajuste sazonal ocorre quando os técnicos descontam o aumento das vendas de produtos em feriados ou datas comemorativas. A pontuação mede o grau de confiança dos empresários de serviços: acima de 100, indica otimismo das empresas. Quanto mais baixa a pontuação em relação a 100, maior é o pessimismo. O índice de junho revela que está piorando a percepção das empresas em relação a possibilidade de novos investimentos e à criação de empresas. A pesquisa foi feita em 2 mil empresas de serviço.

“A avaliação das empresas de serviços prossegue bastante negativa ao final do segundo trimestre, sobretudo em relação à situação corrente dos negócios”, disse Silvio Sales, consultor da FGV.

Segundo Sales, a conjugação de inflação elevada, mercado de trabalho em queda e elevação do custo financeiro afeta, de modo generalizado, a confiança do setor. Para ele, “os indicadores de junho não trazem sinalização de melhora no curto prazo".

Fonte: Agência Brasil

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais