Mais de uma década de Feira para rendeiras de Divina

0

(Foto: Arquivo Portal Infonet)

Fundada no ano de 2000, a Associação para o Desenvolvimento da Renda Irlandesa de Divina Pastora (ASDEREN) não perde a oportunidade de participar da Feira de Sergipe. O grupo, que é formado por mais de 60 artesãs, está expondo no evento vestidos, toalhas de mesa, bolsas, carteiras, panos de bandeja, porta guardanapos, coletes, blusas.

Os preços variam, a peça mais barata, um porta celular, custa R$ 20, já a peça mais cara, uma toalha de mesa, chega a R$ 3.500 . “As peças mais caras também são as mais demoradas. Um vestido de noiva ou uma toalha de mesa leva mais de quatro meses para ser feito, com dez mulheres trabalhando todos os dias”, explica Elizabete Raimundo dos Santos, presidente da ASDEREN.

Pelo segundo ano consecutivo a Associação está disponibilizando para os visitantes maquinas de cartão de crédito. “É ótimo, facilita as vendas, principalmente das peças mais caras”, destaca a presidente.

No primeiro semestre de 2013 a ASDEREN conquistou um espaço importante. A forma de se fazer a renda irlandesa pelas integrantes da associação foi decretada pelo IPHAN como patrimônio imaterial do Brasil. “Foi um reconhecimento ao nosso trabalho e um selo de garantia para nossos produtos”, explica a presidente Elizabete Raimundo.

Capacitação e mercado 

As integrantes da ASDEREN já tiveram oportunidade de participar de vários treinamentos promovidos pelos instrutores do Sebrae. Cursos sobre associativismo, acabamento perfeito, formação de preço, que agregam valor para as artesãs.

“O Sebrae é um grande parceiro, temos participado de vários eventos e feiras em Sergipe e em outros estados, onde é possível trocar experiências com expositores de outras regiões, divulgar os produtos e realizar parcerias comerciais”, diz Elizabete Raimundo.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais