Micro ou notebook? Se puder, leve os dois

0

Experiente técnico em informática, Adauto Santos dá as dicas para o consumidor que pretende comprar um microcomputador ou notebook no fim do ano. A primeira delas diz respeito ao processador. “No notebook é mais difícil de fazer atualizações, por isso a importância do processador. Pode escolher um Celeron, Sempron ou Turion. Um 2.0 já é interessante”, diz.

As orientações são direcionadas às pessoas com pretensões básicas em relação ao utensílio. Outro fator bastante relevante apontado por Adauto é a bateria, no caso dos portáteis. “Tem que ver se a bateria tem seis células, no mínimo. Tem marca por aí que negocia mais barato, mas a bateria vem com apenas quatro células, o que reduz bastante o tempo útil da máquina”, explica.

Memória

Em relação á memória, 1 giga já é o suficiente para um consumidor básico, diz o técnico. “Tem gente que acaba pagando R$ 300, R$ 400 mais caro em uma máquina porque tem um ou dois gigas a mais, sendo que para colocar separadamente a memória ele vai gastar na faixa de uns R$ 60 ou R$ 80”.

Para quem vai optar pelo computador de mesa, muita atenção aos componentes. “Teclado, de preferência, ergonômico e com teclas sensíveis ao toque. Tela de LCD com um tempo baixo de resposta. As mais novas tem oito milésimos de segundo, por exemplo”, conta.

Dúvida cruel

Com a febre dos notebooks, causada principalmente pela disseminação do sistema WiFi, muita gente se questiona se ainda vale a pena comprar um computador convencional. Com a palavra, o técnico. “Bom mesmo é ter os dois (risos). Depende da necessidade da pessoa. Se ela precisar se deslocar com suas informações, o notebook. Caso contrário, o micro está de bom tamanho”, fala.

Um bom notebook pode ser adquirido na faixa de R$ 1400 enquanto um micro de qualidade pode ser encontrado pelo preço de R$ 900. E tome cuidado com os aparelhos de marcas desconhecidas. Neste caso, o barato pode sair caro.

Orientação geral

 

Seja qual for o produto, pesquise bastante na hora da compra, observe se a marca do utensílio que você está adquirindo possui ponto de assistência autorizada em sua região, fique atento ao prazo de garantia do aparelho e exija desconto se pagar a vista. Aproveite as dicas e boas compras.

Por Glauco Vinícius e Carla Sousa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais