MPF/SE denuncia envolvidos em fraudes no IR

0

O Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE) denunciou uma série de pessoas envolvidas em fraudes na declaração do Imposto de Renda, entre elas Valdson dos Santos Júnior, filho de um ex-contador; uma psicóloga e vários contribuintes. Eles teriam cometido crime de sonegação.

O procurador da República Paulo Gustavo Guedes Fontes, que assina todas as denúncias, chama atenção dos declarantes do Imposto de Renda para a veracidade das informações e documentos prestados à Receita Federal.

“Hoje a Receita tem mecanismos de cruzamento de informações que detectam as irregularidades, ou seja, não adianta tentar inventar na hora de apresentar os dados. Os crimes tributários são denunciados pelo Ministério Público”, afirma o procurador.

Em vários processos, Valdson dos Santos Júnior foi denunciado junto com os seus clientes. Ele seria responsável pela falsificação de recebidos médicos para conseguir a redução da base de cálculo do Imposto de Renda. Valdson teria conseguido dados dos médicos com seu pai, que é um ex-contador, e produzia os recibos falsos.

Os médicos, ouvidos pela Receita Federal, informaram que nunca passaram recibos para os contribuintes atendidos por Valdson Júnior e que não reconheciam as assinaturas. Pelo menos quatro pessoas utilizaram, conscientemente, os recibos médicos falsos apresentados por Valdson Júnior.

Um outro caso que merece atenção é de uma psicóloga. Ela distribuiu uma série de recibos de atendimentos a pessoas e, no momento da sua declaração de Imposto de Renda dos anos de 2001 e 2002, omitiu a renda auferida justamente fruto da prestação desses serviços. “Este caso já está em trâmite avançado na Justiça Federal e há uma tentativa de parcelamento do débito, que chega perto dos 70 mil reais”, informou o procurador.

Fonte: MPF/SE

Comentários