PAR poderá receber novos investimentos

0

O novo superintendente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Magalhães Occhi, foi oficialmente apresentado ontem aos empresários da construção civil. O encontro aconteceu durante almoço no Hotel Delmar e contou com a presença de todos os integrantes da Associação dos Dirigentes das Empresas da Indústria Imobiliária de Sergipe (Ademi/SE), entidade que reúne as empresas locais mais representativas do setor.

Durante a reunião, o superintendente anunciou duas boas novidades para o incremento do segmento imobiliário. A primeira é que a Superintendência Regional vai encaminhar à CEF a solicitação de suplementação orçamentária para o Programa de Arrendamento Residencial (PAR), que, em Sergipe, já produziu mais de 8 mil unidades residenciais, o que esgotou os recursos destinados ao Estado. Como ainda há demanda e alguns projetos já estão prontos para a retomada do programa, a possibilidade de uma suplementação orçamentária agradou os empresários.

A segunda novidade é que, a partir de setembro, a CEF vai implementar o “Programa de Retomada da Produção”, que concederá às construtoras um prazo maior para a venda de seus empreendimentos financiados pela instituição. Serão dois anos para a construção e mais 3 para a comercialização do imóvel, num total de 60 meses. “Será exclusivo para projetos que se enquadram nos limites estabelecidos pelo FGTS”, explicou Gilberto.

O novo superintendente assumiu o cargo no dia 12 de julho. Com 24 anos a serviço da CEF, Gilberto vem do Espírito Santo e sua expectativa é de que a instituição em Sergipe continue próxima do setor da construção civil. “É um segmento gerador de emprego e extremamente importante para o desenvolvimento social. Em contrapartida, a Caixa movimenta 90% de todos os financiamentos concedidos no país. A manutenção desta parceria é importante para todos”, declarou o superintendente.

Comentários