Parque industrial de SE ganhará novos empreendimentos

0
Sergipe vai ganhar novas indústrias e terá empreendimentos ampliados (Foto: Vieira Neto)

O parque industrial de Sergipe vai ganhar novos empreendimentos e terá empresas ampliadas em sua capacidade de produção. Durante reunião mensal do Conselho de Desenvolvimento Industrial (CDI), realizada nesta quinta, 29, foram anunciados investimentos de aproximadamente R$ 5,6 milhões. O valor é referente à soma de novas fábricas que tiveram projetos aprovados pelo Conselho e receberão incentivos fiscais e locacionais através do Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI), administrado pelo Governo de Sergipe, através da Companhia de Desenvolvimento Industrial de Sergipe (Codise). A previsão é de gerar mais 80 novos empregos para a população sergipana.

As novas indústrias são do setor alimentício, fabricação de embalagens plásticas, lavanderia industrial e beneficiamento de mármore e granito, e estarão localizadas nos municípios de Nossa Senhora do Socorro, Aquidabã e Carmópolis. Além dos novos empreendimentos, o CDI também aprovou processos de expansão produtiva de nove indústrias dos setores de alimentos e bebidas, móveis tubulares e têxtil, nos municípios de Estância, Itaporanga D’Ajuda, Nossa Senhora da Glória, Muribeca, Campo do Brito e Aracaju. Juntas essas indústrias geram atualmente 3.744 empregos diretos em Sergipe.

“Nossa expectativa é que tenhamos sempre mais projetos com geração de empregos e renda, para o desenvolvimento econômico e social de Sergipe, com o ingresso de novos projetos de investimentos do setor industrial local”, disse o secretário Saumíneo Nascimento, do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), que também é vice-presidente do Conselho de Desenvolvimento Industrial (CDI).

Para a obtenção dos benefícios previstos pelo Governo do Estado, através do PSDI, o interessado deve preencher um requerimento em formulário próprio (disponível no site www.codise.se.gov.br) e após a elaboração do projeto técnico-econômico-financeiro e de relatório técnico para solicitar ao órgão Estadual do Meio Ambiente (Adema) a licença prévia para implantação do empreendimento, deve ser protocolado o pedido na Sedetec para ser analisado pela Codise e Sefaz e depois ser encaminhado para deliberação do Conselho que se reúne mensalmente para avaliar os projetos apresentados pelos empresários.

Presidido pelo governador em exercício do Estado, Jackson Barreto, o Conselho também é composto pelos dirigentes das secretarias de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão; da Agricultura e do Desenvolvimento Rural; da Infraestrutura e do Desenvolvimento Energético Sustentável; da Fazenda (Sefaz); e do Turismo (Setur). Também integram o CDI, o presidente da Companhia de Desenvolvimento Industrial de Sergipe (Codise), o dirigente da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias (Fitese), a diretora-presidente do Banese, um representante da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e ainda um representante da Associação Sergipana dos Empresários de Obras Públicas e Privadas (ASEOPP).

Fonte: Sedetec

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais