PGE atrasa a licitação das sementes

0

Os agricultores vêm sentindo falta de sementes, porque não houve, ainda, distribuição delas pela Secretaria de Agricultura. O tema repercutiu durante toda a semana. Na Assembléia Legislativa, o líder da Oposição, deputado Venâncio Fonseca, reclamou da falta de sementes e foi bastante irônico: “Do jeito que está demorando, o milho e o feijão só vão ser colhidos para o reveillon”.

O líder do governo, deputado Francisco Gualberto, garantiu que não há demora na distribuição das sementes. “O ano passado, as sementes foram distribuídas no mês de maio”. Explicou que o governo trabalha no sentido de que o próprio Estado produza as sementes que vai precisar, “e isto não se faz da noite para o dia”.

O deputado Valmir da Madereira aproveitou a deixa para críticar o ex-Secretário da Agricultura, o sr. Sérgio Reis, por “coincidência” seu desafeto político. “Ele foi um secretário tão ruim que até as sementes distribuídas por ele não germinaram”.

Expectativa

Mas o que de fato está ocorrendo? Então o escriba soube que a equipe técnica e o titular da Secretaria de Agricultura estão levando a culpa por algo que não fizeram. A culpa pelo atraso na licitação está na PGE – a Procuradoria Geral do Estado recebeu o pedido para preparar a documentação necessária à licitação para as sementes ainda nos primeiros dias de março. Até agora não sinalizou que o edital está pronto.

A expectativa da Secretaria é que a PGE libere a licitação agora na 2ª quinzena de abril. Não dá para retirar o atraso, mas é melhor do que esperar mais tempo. Aliás, há uma queixa generalizada no governo – mas ninguém fala abertamente, é tudo no disse-me-disse – com relação a PGE. Ela é useira e vezeira em atrasar as coisas. O que tem de pedidos na PGE para licitações não está no gibi. E tudo é liberado em forma de conta-gotas…

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais