PMA e Tim lançam Programa Social para descobrir talentos musicais entre crianças e adolescentes

0

O Programa Tim ArtEducação chega à capital sergipana, fruto de uma parceria firmada entre a Operadora de Telefonia Celular Tim, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Semasc) e a Funcaju. Sob a coordenação do diretor teatral Paulo Atto, o programa será lançado oficialmente nesta terça-feira, dia 14, às 9h, no Hotel Parque dos Coqueiros.
O Programa tem como objetivo promover Oficinas de Música para crianças e adolescentes, com faixa etária entre 7 e 17 assistidas pelos programas sociais realizados pela PMA por meio da Semasc. Estarão presentes ao evento a Diretoria da empresa patrocinadora, realizadores, parceiros, arte-educadores e o Coral Infanto-juvenil da CARE, uma das ONGs beneficiadas com a parceria da Tim.
Nesta fase, o programa atenderá a 100 crianças e adolescentes, que assistirão aulas
ministradas por arte-educadores duas vezes por semana, com duração de 1h30min/aula. O grupo de alunos será dividido em quatro turmas, com 25 participantes em cada uma, cujo programa será executado por um período de três meses. No encerramento das aulas, haverá uma apresentação pública dos grupos em uma das belas praças da cidade.
Além de ser um mecanismo de cidadania e inclusão social, o Programa proporciona a experiência estética com uma linguagem artística, desenvolve a aptidão pela música, amplia o universo musical do aluno e, sobretudo, promove a melhora da auto-estima dos seus participantes. Enfim, o Programa tornou-se um projeto de educação e cidadania através da Arte, criando opções de desenvolvimento para jovens e crianças, que viviam em situação de risco e vulnerabilidade social.
Os idealizadores do Programa garantem que a música tem sido utilizada nos diversos processos educacionais pelos mais variados motivos. Segundo eles, crianças e adolescentes identificam-se, plenamente, com a função social de divertimento, de comunicação, de resposta corporal e prazer estético.
Neste processo, destaca-se também, a função de expressão emocional. Todos trazem, no íntimo, sensações, sentimentos, diferentes vivências difíceis de serem expressas com palavras comuns, mas que podem ser, facilmente, comunicadas através da música. Propõe-se, efetivamente, o exame desta finalidade a partir da experiência estética que nada mais é do que entrar no mundo da arte, ficar disponível para o dialogo, expressar melhor o seu sentimento, permitir que percepção, intuição, raciocínio e imaginação atuem nas pessoas.

Comentários