Poderes deverão fazer ajustes

0

Com o agravamento da crise econômica, a receita pública tende naturalmente a se reduzir, o que obrigará o governo do Estado a fazer ajustes na despesa, reduzindo-a e adequando-a a nova realidade. Isto levará os poderes Judiciário e Legislativo a fazerem o mesmo, pelo menos assim se espera.

 

O novo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Roberto Porto, no seu discurso de posse, tomou a iniciativa e com senso de responsabilidade, referiu-se ao assunto, o que mereceu um discreto sorriso de aprovação e de agradecimento do Governador Marcelo Deda. Aguarda-se que a Assembléia Legislativa e o Tribunal de Contas façam o mesmo. O contribuinte e as finanças do Estado agradecerão.

 

Por Ivan Valença

 

Comentários