Prêmio Mulher de Negócios está com inscrições abertas

0

(Foto: Divulgação Sebrae/Arquivo Portal Infonet)

Já estão abertas as inscrições para a décima edição do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios. A iniciativa busca identificar, selecionar e premiar os relatos de vida de mulheres empreendedoras que conseguiram transformar seus sonhos em realidade e servem de inspiração para outras pessoas do mesmo gênero.

O processo de inscrição é totalmente gratuito e pode ser realizado no endereço eletrônico, na sede do Sebrae em Sergipe, localizada na Avenida Tancredo Neves, 5.500, Bairro América, ou em um dos seus escritórios nas cidades de Estância, Propriá, Lagarto, Itabaiana e Nossa Senhora da Glória. O processo pode ser realizado até o dia 31 de julho.

As interessadas podem participar da disputa em três categorias: pequenos negócios, produtora rural e empreendedora individual. A premiação é composta pelas etapas estaduais e a nacional, em que estarão reunidas representantes de todas as unidades da federação e que foram vencedoras de suas respectivas categorias.

Os relatos escritos pelas mulheres são avaliados por uma equipe de técnicos do Sebrae. Após a primeira etapa de análise, as selecionadas recebem uma visita de uma equipe de avaliadores para conhecer in loco a veracidade dos relatos. Em seguida, um júri decide quem serão as vencedoras.

As campeãs estaduais recebem um troféu, passam a ter o direito de participar de qualquer curso do Sebrae ou receber horas de consultoria em gestão. As vencedoras nacionais, por sua vez, além dos prêmios já citados, também são premiadas com uma viagem internacional.

O prêmio é realizado por meio de uma parceria entre o Sebrae, a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM), a Federação das Associações de Mulheres de Negócios e Profissionais do Brasil (BPW) e a Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).

Mulheres em destaque

Em Sergipe, as mulheres tem se destacado no comando das empresas. Entre 2001 e 2011 o número de mulheres responsáveis pelo comando  de um negócio passou de 69 mil para 93 mil. Esse crescimento, de quase 40%, levou o estado a conquistar o terceiro lugar no ranking de empreendedorismo feminino no país.

Hoje as sergipanas já são responsáveis pelo comando de 35,8% das micro e pequenas empresas – aquelas com faturamento de até R$ 3,6 milhões. Em 2001, esse percentual era de apenas 19,2%. O levantamento mostra que essas empresárias são predominantemente jovens (50,2% delas possuem entre 18 e 39 anos), chefes de família (40%), possuem ao menos um filho (70%) e também desempenham atividades domésticas (95% delas).

Fonte: Sebrae

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais