Produção de etanol cresce 6,15% e a de açúcar cai 10,77%

0

A União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica) informou nessa segunda-feira, 16, que até o dia 1º de junho, a produção de etanol cresceu 6,15%, mas que a entidade está revisando as previsões da safra 2008/09 devido à possibilidade de chuvas para a região de plantio nos próximos meses. A produção de açúcar ficou 10,77% menor em relação ao mesmo período do ano passado.

 

As vendas de álcool no mercado doméstico até o final de maio (somando-se anidro e hidratado) registraram aumento de 31,6% sobre o mesmo período em 2007. No caso do etanol hidratado, o crescimento foi de 43,6%. Nos meses de abril e maio, a exportação somou 600 milhões de litros, superando em 59% o volume embarcado no mesmo período da safra do ano passado.

 

Segundo os dados apurados pela Unica, até o dia 1º de junho houve aumento no volume de cana moída, de 5,19% na safra 2008/09, em relação ao mesmo período do ano passado. Apesar disso, a quantidade de produtos, obtida por tonelada de cana processada, foi inferior em 6,02%, resultando em uma produção total 1,15% menor à do mesmo período na safra 2007/08. Até 1º de junho, 61,61% da cana-de-açúcar processada foi destinada à produção de etanol e 38,39% para a produção de açúcar.

 

A entidade informou que as condições climáticas registradas até 1º de junho foram favoráveis para um bom desenvolvimento vegetativo da cana-de-açúcar, mas negativas do ponto de vista da maturação da planta, reduzindo a quantidade de produto que pode ser obtido por tonelada de cana esmagada. O avanço da colheita de cana crua também contribuiu para um aumento no volume de impurezas vegetais e minerais, reduzindo a eficiência industrial das unidades produtoras.

 

Com informações da Agência Brasil

Comentários