Recessão já chegou em todo o mundo

0

A redução da atividade econômica neste último trimestre do ano em todo mundo, resultado da crise financeira iniciada nos Estados Unidos, aponta para uma recessão em 2009. O que se pergunta é qual será o grau que ela terá.

Alguns analistas já afirmam categoricamente ser esta a pior depressão econômica desde os anos 30 iniciada com o estouro da bolsa de Nova York, que durou 5 anos, tendo o desemprego no mundo capitalista atingido índices alarmantes. A solução encontrada (indicada por Keynes) foi a forte intervenção do Estado na economia através do gasto público com o objetivo de estimular a demanda, gerar empregos e elevar a renda.

Ao contrário daquela, esta crise não é de falta de demanda, mas de excesso, fruto do crédito irresponsável, sem a devida correspondência com os níveis de renda dos mutuários. Logo, não será mais crédito que irá resolvê-la, mas o crescimento da renda real. E isto leva tempo.

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais