SE: Pagamento de royalties ultrapassou os R$ 6,5 milhões

0
O valor é referente à produção do sexto mês do ano (Foto: Arquivo Infonet)

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, uma parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), indicou que o pagamento de royalties do petróleo e gás natural, para o estado, no mês de agosto de 2016, foi de R$ 6,5 milhões, valor referente à produção do sexto mês do ano.

No comparativo com o mês imediatamente anterior, julho último, o repasse manteve-se praticamente inalterado, ficando 0,1% menor. Entretanto, em relação ao mês de agosto do ano passado, a retração foi significativa, chegando à 22,6%, essas variações são em termos absolutos, ou seja, sem considerar a inflação no período.

No acumulado do ano, o pagamento dos royalties ficou em, aproximadamente, R$ 45,8 milhões em Sergipe, representando uma redução de 32,6% em relação ao montante registrado no mesmo período de 2015.

Royalties dos Municípios

No mês analisado, os municípios de Japaratuba e de Aracaju foram os que mais se destacaram, recebendo R$ 1,1 milhão cada. Outros municípios, como Divina Pastora, Itaporanga D'Ajuda e Siriri, também apresentaram recebimentos significativos de royalties, chegando à R$ 953 mil, R$ 905 mil e R$ 834 mil, respectivamente. Acompanhados por Pirambu e Riachuelo, que receberam R$ 760 mil e R$ 739 mil em royalties, respectivamente, no mês de agosto do corrente ano. Entre os demais municípios, destacaram-se Maruim, Brejo Grande, Pacatuba e Carmópolis, que foram compensados com valores acima dos R$ 500 mil, cada um, referente à extração de petróleo e gás.

Fonte: UNICOM/FIES

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais