Senac: sindicato diz que 74 funcionários foram demitidos

0
Kátia Oliveira mostra o aviso prévio (Foto: Portal Infonet)

Trabalhadores tomaram como surpresa a demissão em massa realizada nesta semana [dia 12 de agosto]  pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Segundo o Sindicato dos Empregados em Entidades Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional em Sergipe (SENALBA/SE), foram dispensados de uma só vez 74 funcionários de diversas atividades [serviços gerais, vigilantes, administrativo, dentre outros]. A alegação para a demissão seria por conta da crise. 

A Presidente do (SENALBA/SE), Maria de Fátima Andrade, conversou com a reportagem do Portal Infonet e rebateu a informação de que as demissões foram devido à crise.

“Não existe crise no Senac e isso é uma inverdade. Tem pessoas com 25 anos de trabalho que nunca imaginaram ser demitidos e onde esse colaborador vai arranjar outro emprego?. Eles estão desesperados. Na próxima semana iremos protocolar um documento no Ministério do Trabalho para discutir essas demissões em massa”, lamenta.

A equipe do Portal Infonet esteve nesta sexta-feira, dia 14, na residência de Kátia de Oliveira que falou sobre a situação.“Há um mês atrás um dos diretores chamou a todos para contar a situação que estava passando o Senac e que acreditou no projeto do governo e começou a ter os cortes, pedindo que reduzisse a questão de energia, água e materiais. No dia 12, houve o arrastão e as pessoas se despedindo e eles dizendo não ser necessário ficar lá porque eles iam pagar o aviso prévio. Tem colega com 18, 24 anos que estavam sendo demitido. Eu trabalhava na área de inclusão com pessoas deficientes, idosos sinto muito pelas pessoas que dependiam do convênio. O que eu questiono é se está passando por uma crise, como vão demitir tanta gente de uma vez e como eles tem esse dinheiro para pagar tanta gente”, indaga a ex-funcionária.

Senac

A equipe do Portal Infonet entrou em contato com a assessoria de comunicação do Senac que enviou uma nota ao Portal. Segue a nota na íntegra: “Por conta do atual cenário econômico brasileiro e da consequente retração do mercado, o Senac Sergipe reduziu seu quadro funcional, pois diversos programas realizados pela instituição não mais estão sendo executados implicando a queda da demanda”.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais