Sergipe é o 4º estado em geração de empregos no país

0

Dados do Ministério do Trabalho e Emprego, provenientes dos sistemas de Relação Anual de Informações sociais (RAIS) e Cadastro Geral de Empregos e Desempregados (Caged), apontou Sergipe com o 4º maior saldo na evolução do emprego formal acumulado no Brasil para os últimos 12 meses (agosto de 2010 a julho de 2011). Em primeiro lugar, com 11,46%, ficou o Estado do Amazonas.

Com um aumento de 8,08%, Sergipe aparece com um percentual maior que a média do Brasil (6,27%) e do Nordeste (7,21%) no qual, para o acumulado dos 12 meses, Sergipe aparece na 3ª colocação.

Já no acumulado para os últimos seis meses, Sergipe sobe uma colocação e aparece na 2ª colocação do Nordeste, atrás apenas da Bahia. Apesar de uma queda no percentual médio de geração de emprego no país (4,43%) e no Nordeste (2,04%), Sergipe permanece com percentual superior, atingindo 2,92%.

No acumulado dos municípios do interior sergipano, não considerando os municípios de Aracaju, Barra dos Coqueiros, Itaporanga D’Ajuda, São Cristóvão e Nossa Senhora do Socorro, os anos de 2010 e 2011 apresentaram os melhores resultados desde 2002, com a geração de empregos com números expressivos: 1.632 e 1.008 respectivamente.

“Analisando série histórica de evolução do emprego formal nos municípios sergipanos no período entre janeiro e julho nos chama a atenção da evolução dos números no interior sergipano. Tomemos como exemplo Simão Dias, que em 2006 registrou 297 novos empregos formais. Em 2010 esse número foi de 424 novos empregos formais e em 2011 subiu para 937 empregos”, destacou Walter Uchôa, Superintendente de Estudos e Pesquisas da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag).

Fonte: ASN

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais