Sergipe participa de nova edição do TOP 100 Artesanato

0

Artesãos podem divulgar produtos no catálogo do Prêmio (Foto: Divulgãção/Arquivo Portal Infonet)

O Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato irá selecionar as 100 unidades produtivas mais competitivas do Brasil. A 3ª edição do evento, que ocorre a cada três anos, dará aos vencedores a oportunidade de expor seus produtos em quatro eventos comerciais de expressão nacional. Os artesãos também poderão divulgar seus produtos no catálogo do prêmio, além de utilizar o selo TOP 100 de Artesanato.

Sergipe participa com trabalhos em renda irlandesa, peças decorativas feitas com papelão, cestas e mandalas feitas com palha, mascaras, bordados em ponto cruz, peças artesanais feitas com feltros e tecidos.

“Nosso artesanato é bastante rico e variado, com diversos trabalhos que se destacam. Como a renda irlandesa de Divina Pastora, que encanta sergipanos e turistas. Estar entre as 100 selecionadas é um grande privilégio para os participantes, os vencedores ganham reconhecimento nacional pelo trabalho que executam, além do direito de usar o selo Prêmio SEBRAE TOP 100 de Artesanato”, diz Lauro Vasconcelos, superintendente do Sebrae Sergipe.

O Prêmio foi criado para identificar as melhores práticas de artesanato em todo o país, além de estimular a melhoria do artesanato brasileiro. As inscrições podem ser feitas até 30 de novembro de 2011 no site www.top100.sebrae.com.br . A premiação será realizada em agosto de 2012.

O artesanato é uma das maiores expressões culturais do povo brasileiro e possui grande importância para o desenvolvimento econômico do Brasil. Para o SEBRAE, o artesanato possibilita a inclusão social pela geração de trabalho e renda sendo um instrumento de desenvolvimento e fortalecimento da identidade cultural.

Critérios

Qualidade estética e valor cultural são importantes para a confecção de peças artesanais, porém, o que diferencia o TOP 100 de Artesanato da maioria dos prêmios é o fato da avaliação ir além destes requisitos e levar em conta outros elementos da cadeia de produção e comercialização do artesanato.

São 11 os critérios de avaliação, que passa pelo grau de inovação dos produtos, adequação econômica, adequação ergonômica dos postos de trabalho, adequação ambiental, eficiência produtiva, adequação cultural, embalagem, qualidade percebida – valor intangível, práticas comerciais, responsabilidade social e gestão estratégica.

Calendário

I – Inscrições: até novembro de 2011;
II – Visita às unidades: janeiro a março de 2012;
III – Divulgação dos resultados: junho de 2012;
IV – Prazo para recursos: até 7 dias corridos a partir da divulgação dos resultados;
V – Premiação: agosto de 2012.

Fonte: Ascom Sebrae/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais