Servidores de Maruim denunciam atrasos em salários

0
(Foto: Ilustrativa/ Prefeitura de Maruim)

O Sindicato dos Servidores Públicos municipais de Maruim, General Maynard e Rosário do Catete (Sindisma) denuncia o atraso no pagamento de salários por parte da prefeitura de Maruim, distante 30 km da capital. De acordo com a diretora do sindicato, Lidia Rosa, o problema persiste nos últimos três meses. A sindicalista alega que os atrasos vêm prejudicando os servidores.

“Há três meses estamos com atrasos de salários. Esse mês a secretaria da saúde completou dois meses sem receber. Somos um número de mais de 800 servidores estatutários, fora os comissionados. Os servidores não suportam mais a situação porque eles dependem dos salários”, lamenta Rosa que afirma já ter procurado medidas legais.

“Nós estamos com nosso jurídico tomando todas as providências e já fomos ao Ministério Público de Maruim para denunciar. Na segunda-feira [24] vamos nos reunir em assembleia para decidirmos se vamos fazer uma paralisação”, diz.

A equipe do Portal Infonet entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura de Maruim que reconheceu a dificuldade no pagamento por parte da gestão. De acordo com a assessoria, o problema é decorrente da diminuição da arrecadação. Ainda, segundo a assessoria entre sexta-feira,21, e sábado, 22, haverá o pagamento os servidores da educação e da saúde estarão recebendo os salários. Sendo que, segundo a assessoria, os professores já foram pagos.

A assessoria afirma que mesmo com a queda da arrecadação do FPM e dos royalties, a prefeitura tem conseguido fazer os pagamentos.  A assessoria de comunicação ressaltou ainda que o principal problema é o atraso no pagamento dos contratos que também estão atrasados, enfatizando que permanecerá em contato com os servidores e regularizando os pagamentos.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais