Sindicato dos Bancários faz ato contra demissões em banco de SE

0
Os manifestantes se reuniram na manhã desta quarta-feira, 27,  em frente a uma das agências do Bradesco para protestar contra demissões do banco (Foto: SEEB/SE)

Integrantes do Sindicato dos Bancários (SEEB/SE) se reuniram na manhã desta quarta-feira, 27,  em frente a uma das agências do Bradesco para protestar contra demissões do banco. Segundo a categoria, 14 funcionários da instituição financeira foram desligados da empresa neste ano em Sergipe.

“Nós queremos dignidade para os bancários que trabalham para os maiores empresários do país. Durante a pandemia eles ajudaram os bancos a faturarem bilhões. Não houve um banco sequer que teve prejuízo na pandemia”, diz Ivânia Pereira, presidente do SEEB/SE.

Diante desse panorama, a sindicalista destaca que é lamentável a atitude do Bradesco em demitir alguns bancários. Ivânia diz ainda que em Sergipe foram 14 funcionários demitidos ao longo desses meses de 2021. Ainda segundo ela, esse processo de demissões já vem sendo praticado pelo banco a nível nacional.

“Já em todo país, mesmo com a pandemia, o Bradesco fechou 8.547 postos de trabalho e 1.088 agências em doze meses, causando transtornos aos clientes com filas gigantes. Além disso, o Bradesco lucrou mais de R$ 12, 8 bilhões no 1º semestre de 2021”, ressalta a presidente do SEEB/S.

Bradesco 

O Portal Infonet entrou em contato com o Bradesco e a informação passada foi de que o banco não vai comentar o assunto.

por João Paulo Schneider 

*A  matéria foi alterada às 18h20 do dia 27/10 para acréscimo de posição do banco
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais