Sindicato reclama de novo modelo de autoatendimento

0

O novo modelo é realizado no HSBC da Pacatuba (Foto: SEEB)

O presidente do Sindicato dos Bancários de Sergipe (SEEB/SE), José Souza, denuncia a implantação de um modelo de “Autoatendimento” que segundo o sindicato está prejudicando o atendimento dos usuários e clientes.

De acordo com Seeb, dentro da agência do HSBC, situadana rua Estância com Pacatuba, o banco implantou uma mesa de auto serviço, sendo que os não correntistas estão sendo impedidos de pegar senha e “obrigados” a deixarem os boletos e o dinheiro com a atendente.

José Souza explica que para receber o documento autenticado, o cliente deve retornar a agência no outro dia. “Essa não é a primeira vez que o banco realiza essa prática. Eles têm meio que feito uma espécie de filtro. A pessoa quer fazer um pagamento e eles impõem uma condição que é uma agressão ao direito do consumidor. Ou você faz no autoatendimento ou deixa naquela menina do ,e depois você vem pegar o recibo, isso não existe. Você deixa lá o dinheiro com ela e sai sem levar nada que comprove que a pessoa deixou tanto o documento quanto o dinheiro. Isso é, no mínimo, uma prática ilegal, pra gente não dizer imoral também”, diz.

José Souza diz que a prática não é nova

Ainda segundo José Souza, o serviço de autoatendimento é um canal alternativo para uso do cliente. “As pessoas não são obrigadas a realizar o atendimento se não quiserem, as pessoas podem simplesmente dizer não, eu quero resolver e quero voltar para casa com o meu documento autenticado como prova de que efetuei esse pagamento buscando esse serviço”, afirma.

No entendimento do sindicato, a prática utilizada é uma forma de agredir o cliente. “A denúncia que nós fizemos foi fruto de reclamação de cliente. Então é uma forma de burlar a lei dos 15 minutos e é uma agressão ao Código de Defesa do Consumidor, ou seja, de uma tacada só, o HSBC incorre contra os abusos. Pega um terceirizado, bota lá a banquinha no meio do salão e esse terceirizado passa a prestar esse tipo de atendimento”, garante.

HSBC

A equipe do Portal Infonet entrou em contato com o setor de atendimento do HSBC e a informação passada é de que quem deve se pronunciar é a gerente geral Ivana Bahia que esclareceu que a iniciativa é padrão de atendimento para atender aos usuários que não são correntistas. Ainda segundo ela, no momento em que deixa o boleto, os clientes podem receber o boleto autenticado no final da tarde, mas os correntistas geralmente se dirigem ao caixa para fazer qualquer pagamento.

Ainda é orientado que os usuários busquem realizar os canais alternativos da agência através da internet ou do serviço de autoatendimento.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais