Tarifa:Estudantes e movimentos sociais preparam novo ato

0
Frente Contra Aumento da Passagem vem realizando atos desde o fim de 2015 (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Na tarde desta quinta-feira (14), a Frente Contra o Aumento da Passagem, formada por movimentos sociais da juventude, dos trabalhadores e dos estudantes, irá as ruas novamente para se manifestar contra o aumento na tarifa de ônibus em Aracaju, que subiu de R$ 2,70 para R$ 3,10. O ato terá início às 15h30, com concentração na Praça Camerino.

O aumento da passagem está em vigor desde o dia 27 de dezembro, quando foi sancionado pelo prefeito João Alves, após aprovação na câmara dos vereadores às vésperas do Natal. A Frente Contra o Aumento da Passagem tem denunciado desde então o valor abusivo da tarifa, assim como a falta de transparência e participação popular da medida, que contraria a Lei Orgânica Municipal.

No dia 6 de janeiro, a Frente realizou o primeiro ato do ano contra a tarifa, que reuniu mais de 300 pessoas, principalmente estudantes secundaristas das escolas da região. A manifestação pacífica parou o centro da cidade por alguns minutos, dialogando com os usuários do transporte público e cantando palavras de ordem contra o prefeito e os vereadores responsáveis pelo aumento.

Na última terça-feira, o grupo esteve presente no bairro Santa Maria, onde participou de um outro protesto, junto com moradores das ocupações Nasce a Esperança e Recanto das Mangabeiras. O ato denunciou tanto o aumento da passagem quanto a ordem de despejo contra os moradores, unindo as lutas pelo transporte e pela moradia e convidando a população do bairro para o ato desta quinta.

Aracaju não é a única cidade a se manifestar contra o aumento da passagem. No mesmo dia, ocorrerão atos em São Paulo, Duque de Caxias (RJ), Florianópolis e Joinville. Durante a semana, outras cidades se somam às manifestações. Assim como em 2013, ano em que a passagem conseguiu ser reduzida pela pressão da população, os atos de rua assumem um caráter cada vez mais nacional.

Fonte: Ascom Movimento Não Pago

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais