Terceirizados da Sefaz realizam ato por falta de pagamento

0
Os terceirizados esperam o pagamento retroativo (Fotos: Portal Infonet)

Na manhã desta quarta-feira, 13, terceirizados que prestam serviços a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) realizaram ato público em frente ao órgão. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados do Estado de Sergipe (Sindtic), cerca de 390 funcionários não receberam o pagamento retroativo ao reajuste salarial do ano passado, e nem receberam as férias referentes ao mês de julho.

“Os funcionários que entraram em férias este mês ainda não receberam o pagamento. Infelizmente o acordo que foi feito entre a empresa CCP no Ministério do Trabalho não foi cumprido. A informação é que não receberão até que a Sefaz reajuste o contrato de prestação de serviços”, esclarece o presidente do sindicato, Tomé Rodrigues.

O presidente do Sindtic menciona que conversou com o representante da CCP e que foi pedido um prazo até sexta-feira, 15. “Vamos aguardar o prazo e se nada for resolvido, vamos entrar em seguida com representação junto ao Tribunal Regional do Trabalho [TRT]”, explica.

Sindicato diz que empresa alega que não paga até receber pagamento da Sefaz

Sefaz

A assessoria de comunicação da Sefaz esclarece que o repasse não foi feito porque a empresa encaminhou a proposta no mês passado. O assessor da Sefaz, Helber Andrade, explica que a secretaria analisada a planilha e o impacto que o reajuste causará a folha de pagamento.

"Primeiro é feito um acordo coletivo entre os funcionários e a CCP, mas a secretaria não tem nada a ver com isso. Depois é encaminhado para homologação e encaminhado o percentual de reajuste para a Sefaz. É obrigação da empresa ter capital de giro, pelo contrato a secretaria tem o compromisso de pagar até o trigésimo dia do mês anterior”, afirma Andrade salientando que essa não é a primeira vez que o problema acontece.

“Não é a primeira vez, no ano passado foi a mesma coisa. A empresa aguarda o pagamento para quitar os débitos. A obrigação de pagamento é da CCP”, diz.

A equipe do Portal Infonet tentou contato com a CCP, mas não tivemos êxito. A Infonet permanece a disposição da empresa através do 079 21068000 ou pelo jornalismo@infonet.com.br.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais