Venda de gasolina dispara nas últimas semanas

0

A disparada do preço do álcool nos últimos meses provocou crescimento entre 3% e 4% nas vendas mensais de gasolina, o que obrigou a Petrobras suspender as exportações do derivado de petróleo a fim de evitar o desabastecimento do país. Até então, a estatal exportava de 80 a 100 mil barris de gasolina por dia – o equivalente a cerca de 25% da produção de combustível.

A decisão de vetar as exportações também já previa a redução da mistura de álcool à gasolina de 25% para 20%. Com o avanço dos preços do álcool, as vendas de gasolina nas refinarias da estatal começaram a crescer em outubro de 2009 e já sobem atualmente na faixa de 4%.

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais