Vendas das indústrias de materiais de construção do Brasil cresceram 2,24% em julho

0

O faturamento total registrou variação positiva de 2,24% (Foto: Portal Infonet)

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico (FIES/UFS), com base nas informações da Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Construção (ABRAMAT), indicou que o faturamento total deflacionado (com desconto da inflação) do setor no país, registrou variação positiva de 2,24% em julho deste ano ante igual período do ano anterior. É considerado nesta análise o faturamento total das vendas no mercado interno.

O faturamento total apresentado no sétimo mês do ano, ainda apresentou alta de 2,64% na comparação com o mês anterior (junho/2011), já em termos reais. O desempenho do faturamento de janeiro a julho deste ano assinalou evolução de 0,90% sobre igual período do ano anterior, mas ainda permanece muito abaixo da variação registrada nos sete primeiros meses de 2010 (18,10%) sobre o mesmo intervalo de 2009. Considerando os últimos doze meses (agosto/2010 até julho/2011), houve alta de 2,71%, relativa aos doze meses anteriores (agosto/09 a julho/10).

Desempenho das indústrias do setor

As vendas no mercado interno de materiais básicos para a construção registraram retração de 2,46% no faturamento no confronto com julho de 2010, entretanto em relação ao mês anterior a variação positiva ficou em 1,30%.
Já o faturamento total com as vendas de materiais de acabamento também no mercado interno, registrou crescimento de 11,71% (comparando-se com julho/2010) e 5,08% contra o mês anterior.

Nível de Emprego

O nível de emprego nas indústrias de materiais de construção do Brasil apresentou crescimento de 5,76% em relação ao estoque de empregos de julho do ano passado. Nas indústrias de materiais básicos, o nível de emprego registrou acréscimo de 6,77% sobre julho de 2010, enquanto que o número de empregados nas indústrias de materiais de acabamento cresceu 3,56% na mesma comparação.

Fonte: FIES

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais