Alimentação x desempenho nas provas

0

Quanto mais próximo fica o exame, maior a angústia de algumas pessoas que não conseguem engolir nada. Outras desatam a comer bobagens sem parar. Claro que nenhuma dessas opções pode ser considerada saudável. Para que a má alimentação não prejudique o seu desempenho nas provas, aprenda a se abastecer.

 

Na véspera:

– para o jantar, prefira algo com o que seu estômago já esteja acostumado para não ter surpresas com má digestão.

– jante, no mínimo, quatro horas antes de ir dormir.

 

No dia:

– se os testes forem à tarde, uma boa refeição é uma macarronada com um molho leve, como o de tomate. Esse prato é digerido rapidamente e produz bastante energia.

– se eles forem acontecer pela manhã, um sanduíche natural, de frango ou atum, ou uma vitamina de leite e frutas produz a energia necessária para começar as provas.

 

Durante:

– barras energéticas ou de cereais ou frutas como maçã, banana e pêra estão liberadas. Evite chocolate.

– para beber, sucos naturais e bebidas isotônicas são a melhor opção. Refrigerante produz gases e chás podem causar sonolência

 

Fonte: Guia Abril do Estudante

Comentários