Artistas usam YouTube para ensinar de graça técnicas de desenho

0
No YouTube, rede social para vídeos, há uma gama de conteúdos disponíveis para aprender coisas novas (Foto: Agência Educa Mais Brasil)

As redes sociais podem ser utilizadas para diversos fins como entretenimento, informação e comunicação. Seus usos podem se estender positivamente, também, para adquirir conhecimentos sobre assuntos variados, inclusive, para aprender novas habilidades. No YouTube, rede social para vídeos, há uma gama de conteúdos disponíveis para aprender coisas novas. Nesse mesmo meio, a dupla de desenhista Ylson Dias e Thiago Costa compartilha, gratuitamente, técnicas de desenho.

Ensinar a desenhar do básico ao complexo é a proposta dos desenhistas que pretendem, com as aulas, ajudar a aliviar o estresse causado pela pandemia do novo coronavírus.

“Vamos começar do zero mesmo, com o treinamento de traço, passando por desenhos de corpos, animais, até chegar em cenários”, explica Ylson.

O artista explica, ainda, que além de funcionar como entretenimento, o desenho estimula a observação e faz o indivíduo aprender a ver um mundo com mais detalhes.

As aulas serão publicadas, nas segundas, quartas e sextas-feiras do mês de março, no YouTube. Para ter acesso ao curso, é preciso, além da internet, ter papel, lápis e borracha. A capacitação está dividida em 10 aulas, com 10 minutos de duração cada.

Outras opções de cursos gratuitos 

Diversas instituições disponibilizam cursos abertos para o público. Normalmente, esses cursos gratuitos são disponibilizados por Universidades e, também, por institutos e empresas que desejam contribuir com a formação acadêmica e a qualificação para o mercado de trabalho.

Abaixo, apresentamos algumas instituições que oferecem cursos gratuitos em seu site. Todos os cursos listados a seguir podem ser acessados on-line, e alguns oferecem certificados que, além de atestar a participação do estudante nas aulas, podem ser utilizados como comprovantes de horas complementares em instituições de ensino superior públicas e privadas. Dentre eles estão: SENAR Educação a Distância; e-Aulas USP; e-Unicamp; Nube; SEBRAE; AlfaCon; Udacity; Fundação Getúlio Vargas – FGV; Rock University; Prime Cursos; Digital Innovation One; Veduca; Cruzeiro do Sul Virtual; Albert Einstein; Code IoT; Google Ateliê Digital; Escola Virtual – Fundação Bradesco; Coursera e Microsoft.

Para ingressar nos cursos, os interessados necessitam apenas de um computador com acesso à internet – alguns desses cursos também podem ser acessados por meio de dispositivos móveis como smartphones e tablets, por exemplo –, o que facilita o acesso e permite que o estudo seja realizado em qualquer local e horário, sem a necessidade de deslocamento e investimento em transporte por parte do aluno. A lista completa e o link de cada instituição podem ser conferidos na página de cursos gratuitos do Educa Mais Brasil.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

 

 

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais