Automotiva: área promissora

0

Os cursos de automotiva são destinados a jovens de várias idades (Fotos: Portal Infonet)

Estudos que servem como qualificação profissional e como aperfeiçoamento para os que já são atuantes, essas são as finalidades dos cursos da área automotiva oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). São sete modalidades: mecânica de manutenção de motor diesel, mecânica de manutenção de motor álcool e gasolina, eletricista de automóveis, manutenção de ar condicionado e instalação de som e alarme, mecânica de suspensão, freio e transmissão, gerenciamento técnico de motores diesel e gerenciamento técnico de motores a álcool e gasolina.

Cursos

Os cursos têm duração entre 60h e 220h e de acordo com o que fala Gildevan de França Lima, coordenador da área de automotiva, têm uma base matemática importante. “Em grande parte das disciplinas do curso é preciso um conhecimento matemático significativo já que a maioria das matérias precisa de cálculo de força, medidas, cálculo de calor, por isso o aluno precisa de pelo menos um conhecimento básico em matemática e física”, fala.

Gildervan Lima  considera a área um mercado promissor

No que se refere ao público, o curso exige apenas a idade mínima de 16 anos. “Pode participar qualquer pessoa que tenha interesse em estudar essa área. Hoje temos alunos de várias idades, inclusive algumas meninas, coisa que era difícil de acontecer”, comenta o coordenador.

Mercado de trabalho

A área automotiva oferece um vasto campo de atuação, os profissionais qualificados podem atuar em redes de concessionárias, oficinas mecânicas, empresas de ônibus, prestadoras de serviço e no ramo de embarcações marítimas.

“Essa é uma área que tem muito posto de trabalho e que ainda cresce bastante principalmente por conta da tecnologia. Os motores e veículos evoluíram muito e hoje o mercado de trabalho está tomado de profissionais que aprenderam sozinhos e que não dominam essas tecnologias. Profissionais qualificados conseguem emprego com facilidade”, assegura Gildevan Lima.

Dificuldades

As aulas mesclam conteúdos teóricos com estudos práticos em laboratórios

Para o coordenador dos cursos de automotiva, a principal dificuldade em se trabalhar nessa área é a desvalorização. Segundo Gildevan Lima as empresas faturam muito com esse mercado, mas esse lucro nem sempre é repassado para o profissional que trabalha com motores, por mais qualificado que ele seja.

No entanto Gildevan Lima não desestimula os interessados. “Essa é uma área que apesar das dificuldades é muito promissora. Aconselho a todos os que se interessam a conhecer o curso”, convida o coordenador.

Por Caio Guimarães e Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais