Conciliar teoria e prática nos estudos em casa é possível

0
Proatividade e comprometimento são fundamentais para garantir uma formação sólida (Foto: Educa Mais Brasil)

Estudar em casa na modalidade a distância requer muita disciplina, já que a flexibilidade nos horários de estudo pode fazer com que o estudante procrastine, adiando o momento de estudar. Por isso, conciliar teoria e prática na Educação A Distância (EAD) torna-se desafiador para muitos estudantes, pois o empenho e rendimento dependem, em grande parte, do próprio aluno.

Saber conciliar teoria e prática é fundamental para garantir uma formação sólida, capaz de promover a aplicação dos conhecimentos acadêmicos no mercado de trabalho. Isso vale tanto para os cursos de graduação quanto de pós-graduação. Pensando nisso, o Educa Mais Brasil listou algumas formas para quem precisa conciliar teoria e prática estudando a distância.

  1. Adote uma postura ativa

Durante os estudos, procure identificar em quais situações do dia você pode aplicar os conhecimentos adquiridos. Assim, é importante usar a internet para pesquisar como o conteúdo estudado gera resultados na sua área de formação. A partir dessa imersão, fica mais fácil visualizar como as atividades práticas se refletem na teoria.

  1. Utilize os recursos da plataforma digital

Como as atividades do curso EAD são realizadas no ambiente virtual, as faculdades disponibilizam o conteúdo teórico em formatos multimídia, como textos, áudios e vídeos. Além disso, os alunos contam com fóruns de discussão, atividades, tutoria e outros mecanismos para suprir suas necessidades. Dessa forma, ser um usuário ativo no AVA é uma condição primeira para colocar em prática os conhecimentos adquiridos.

  1. Participe ou crie projetos experimentais

Para quem estuda EAD, totalmente on-line ou semipresencial, existem pelo menos duas possibilidades de desenvolvimento de projetos experimentais. A primeira dessas é a criação de projetos independentes, principalmente visando ao Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). A segunda é o engajamento em projetos já existentes em sua própria faculdade, como é o caso de clínicas, laboratórios e centros de pesquisa internos. Em alguns deles, é possível até mesmo realizar estágios profissionais. A orientação dos professores é fundamental nos dois casos. Além de ganhar experiência, é uma ótima oportunidade para valorizar o currículo.

  1. Faça exercícios sobre o conteúdo estudado

Fazer exercícios ajuda a memorização do conteúdo. Ao se engajar verdadeiramente com o curso EAD e realizar as tarefas com calma, não deixando para entregar tudo em cima da hora só porque “vale nota”, o aluno exercitará efetivamente o que está aprendendo e, consequentemente, perceberá maior domínio sobre os conteúdos estudados.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Comentários