Docentes servem merenda durante ato de protesto em Pirambu

0
O ato foi chamado de “merendão da vergonha”. Na ocasião, os docentes serviram arroz doce, suco e biscoito, pois são somente estes itens que são servidos aos 1800 estudantes (Foto: Sintese)

Professores do município de Pirambu, leste do estado, realizaram na manhã desta quarta-feira, 18, um protesto em frente à Secretaria de Educação contra a precariedade da merenda que é servida aos estudantes, além do atraso nos pagamentos e gratificações da categoria. O ato foi chamado de “merendão da vergonha”. Na ocasião, os docentes serviram arroz doce, suco e biscoito, pois são somente estes itens que são servidos aos 1800 estudantes (de acordo com o Censo Escolar 2018) das 10 escolas da rede municipal, segundo a categoria.

Os docentes também exigem que a administração municipal faça chamada pública para garantir que todos, seja em idade escolar ou jovens e adultos, tenham o direito à Educação e se possibilite o aumento nos recursos a serem utilizados para a manutenção e desenvolvimento da rede municipal.

Além da precariedade do cardápio, o magistério também denuncia a péssima estrutura das escolas, a falta de material didático, a péssima condição dos veículos que fazem o transporte escolar e os constantes atrasos no pagamento dos salários. A categoria afirma que a Prefeitura pagou o salário de agosto na semana passada, mas ainda deve o mês de julho, a gratificação de férias (1/6 ferial) e a parcela do décimo terceiro que é paga no aniversário do servidor.

O Portal Infonet entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Pirambu, mas até o fechamento desta matéria não obteve retorno. Estamos à disposição através do e-mail: jornalismo@infonet.com.br ou por meio do telefone: (79) 2106-8000.

por João Paulo Schneider e Aisla Vasconcelos
Com informações do Sintese

Comentários