Edital concede R$ 220 mil para produção científica de estudantes

0
Programa lançado no mês de agosto, é desenvolvido pela Fapitec e pela Seduc, e receberá inscrições até 08 de outubro (Foto: Eugênio Barreto/Seduc)

Estudantes de ensino Fundamental e Médio e profissionais da Rede Pública Estadual de Ensino, terão a oportunidade de receber apoio financeiro para projetos de pesquisa e divulgação científica, totalizando R$ 220 mil de aporte global. A ação faz parte do Programa de Projetos Científicos e Tecnológicos na Rede de Educação Estadual, cujas inscrições seguem até 08 de outubro. O incentivo é concedido pelo Governo de Sergipe através da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec) e da Secretaria da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc).

O objetivo do programa é despertar a vocação científica e incentivar talentos entre estudantes a partir do 9º ano, orientados por professores pesquisadores qualificados. Cada proposta aprovada receberá um auxílio no valor de R$ 1 mil para custeio de despesas administrativas e desenvolvimento, sendo que os projetos terão duração máxima de 12 meses. As propostas selecionadas também terão direito a uma bolsa de Iniciação Científica Júnior no valor de R$ 100 mensais, com vigência de até um ano.

O edital é voltado ao desenvolvimento de projetos dentro da metodologia STEAM (sigla em inglês para Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática) em instituições de ensino da Rede Pública Estadual. “A ideia é que todas as áreas que integram a sigla sejam articuladas no mesmo projeto, compondo propostas criativas e inovadoras. As propostas devem estar alinhadas aos temas definidos como áreas prioritárias do edital”, explica a coordenadora do Programa de Comunicação e Inovação Tecnológica (PROCIT/FAPITEC), Rosane Resende.

Áreas

Na linha de projetos científicos e tecnológicos, as propostas devem contemplar temas nas áreas de Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza, Ciências Humanas e Formação Técnica/Profissional. Na linha de projetos relacionados à Covid-19, as áreas de concentração estão relacionadas à Prevenção, Enfrentamento e Convivência.

Para submeter projetos, é preciso que o professor orientador tenha vínculo com a Rede Pública Estadual de Ensino de Sergipe, tenha, no mínimo, título de mestre e possua currículo cadastrado e atualizado na Plataforma Lattes. É necessário, ainda, adotar providências relacionadas a permissões e autorizações e não ter pendências relacionadas a prestações de contas. O edital permite a existência de coorientadores nos projetos.

As propostas devem ser submetidas na forma de projetos de pesquisa, por meio do E-DOC, no campo Protocolo Externo. Para informações adicionais, é necessário entrar em contato com a Diretoria Técnica da Fapitec por meio da Coordenação do Programa de Comunicação Científica e Tecnológica (Procit). Os contatos são: (79) 99191-5811 e procit@fapitec.se.gov.br. O Edital completo está disponível no site www.fapitec.se.gov.br, no menu Editais > Editais abertos.

 

Fonte: Fapitec

Comentários