Estudantes da UFS realizam vigília em protesto ao bloqueio de verbas

A manifestação deve durar até o fim da tarde hoje, 7 (Fotos: João Pedro/ DCE/UFS).

Estudantes da Universidade Federal de Sergipe (UFS) realizam um ato nesta quarta-feira, 07, em protesto aos bloqueios de verba dos ministérios da Educação e Economia no orçamento de 2022.

A  vigília acontece no Hall da Reitoria e está sendo mobilizada pelo Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal de Sergipe (DCE/UFS), no Campus São Cristóvão.

Eles reivindicam o desbloqueio de recursos do orçamento de 2022, uma vez que, o bloqueio mais recente inviabiliza bolsas e auxílios do mês de dezembro.

De acordo com o presidente do DCE/UFS, João Pedro Vieira, o valor das bolsas e auxílios são fundamentais para que os estudantes permaneçam na universidade. “Isso impacta na vida dos estudantes porque eles precisam disso para pagar as contas como água, luz, aluguel. Muitos dependem unicamente disso para sobreviver”,  diz.

João Pedro Vieira, presidente do DCE/UFS, diz que o valor das bolsas e auxílios são fundamentais para que os estudantes permaneçam na universidade

Pagamento dos servidores terceirizados, contas da própria universidade e até do Restaurante Universitário (Resun), estão na lista dos serviços prejudicados pelo contingenciamento. A manifestação cobra um posicionamento do Governo Federal sobre a revogação do bloqueio de recursos, para que a UFS volte a funcionar plenamente.

“A UFS por meio do reitor está sendo encaminhada à Brasília para tentar um diálogo com o MEC, e a perspectiva é de que a gente consiga reverter essa situação extremamente caótica”, completou. Os cortes contabilizados chegam a 10 milhões de reais, número que vai impactar na atuação da instituição”.

por Beatriz Fernandes e Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais